109628-algas-na-piscina-saiba-como-identificar-e-eliminalas

Algas na piscina? Saiba como identificar e eliminá-las!

Quem tem piscina em casa já deve ter visto que basta descuidar um pouco da manutenção da água para que ela comece a apresentar uma concentração de algas.

Esses organismos alteram a coloração da água e deixam um mal cheiro, fazendo com que a piscina fique “interditada” até que uma boa limpeza seja feita.

Muitos de nossos clientes perguntam aos consultores sobre as formas mais eficientes de manter a piscina limpa e livre das algas.

Por isso, nós montamos uma lista com algumas informações importantes para você deixar sua piscina sempre limpinha e convidativa para um mergulho!

Mas afinal, o que é exatamente uma alga?

As algas são plantas que se habitam ambientes que úmidos. Elas se adaptam aos mais diversos tipos de ambientes aquáticos, desde pequenas poças de água até lagos e piscinas.

Elas possuem diversos formatos, cores e tamanhos, sendo que algumas são microscópicas e só são vistas quando agrupadas em grandes quantidades.

Esse é o caso da sua piscina. Aquela coloração marrom esverdeada que se forma nas bordas e fundos da piscina é uma grande colônia de algas microscópicas que estão se multiplicando no seu quintal!

Em tempos chuvosos e quentes, as algas se proliferam com mais facilidade, e por essa razão é sempre recomendável redobrar a manutenção durante o verão.

Quais são os tipos mais comuns?

As principais protagonistas da sujeira na piscina são as algas verdes, amarelas e pretas. Cada uma possui as suas particularidades.

As algas verdes são as mais comuns e são encontradas presas nas laterais da piscina ou boiando na superfície.

As algas marrons aparecem nos cantos que recebem menos luz solar. Elas são bem mais complicadas de serem removidas, e se não forem totalmente eliminadas elas voltam a atacar!

Por fim, temos as algas pretas. Elas são mais raras e difíceis de combater e se proliferam mesmo quando a piscina está passando por um ciclo regular de limpezas atacando lugares escondidos como rejuntes e frestas.

Como eliminar as algas na piscina?

Na hora de combater as algas, não existe segredo. A chave para o sucesso é a limpeza frequente e os cuidados constantes.

Quem quiser livrar a sua piscina de todas as algas terá que se esforçar bastante, fazendo ciclos periódicos de supercloração, um processo no qual se acrescenta uma grande dose de cloro para fazer uma limpeza profunda na água.

Além desse procedimento, é recomendado fazer escovações nas paredes do tanque para eliminar as algas que ficam afixadas nas laterais e quintas. Para ajudar nessa tarefa, é possível utilizar produtos específicos para eliminar algas, conhecidos como algicidas.

A melhor forma de evitar algas na piscina é mantendo o pH adequado e os níveis de cloro sempre em dia. Manter o motor ligado conforme as recomendações do fabricante e cobrir a piscina são outras práticas que dificultam a reprodução das algas.

Seguindo essas dicas, com certeza a sua piscina ficará limpa e livre da presença das algas.

Não se esqueça que manter a piscina limpa não é só algo benéfico para o seu lazer. Ao manter a água sempre em boas condições, você evita o surgimento de mosquitos, que são agentes responsáveis pela transmissão de doenças graves como dengue e zika.

Agora que você já sabe como se livras das algas na piscina, que tal aprender tudo sobre os cuidados específicos para o inverno? Você vai descobrir que este período de baixo uso é um momento que exige cuidados!

banner_finalpost
Gostou do texto?
Receba tudo no seu email! Prometemos não enviar spam!

Confira também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *