Tudo o que você precisa saber sobre as piscinas de fibra

Você decidiu ter um espaço em casa para fazer a alegria da família e aplacar os dias de calor intenso, mas agora está na dúvida se uma piscina de fibra seria a melhor escolha. Ela é mesmo o melhor modelo para se instalar? Sua manutenção é cara ou vantajosa? E quais outras vantagens têm sobre os outros tipos?

Para ajudar a resolver essas e outras dúvidas, e ainda deixar você por dentro de algumas dicas na hora de administrar esse tipo de construção, elaboramos este guia com as principais temáticas sobre o assunto.

Tudo para você montar sua piscina sem medo e cuidar dela sem dor de cabeça. Continue lendo e acabe já com as dúvidas!

Veja as principais características da piscina de fibra

Se você está de olho em uma piscina de fibra, saiba que ela é feita de um polímero composto por grupos de filamentos de vidros e resina de poliéster. Essa combinação resulta em uma espécie de plástico flexível, durável, fácil de manter e limpar — já que não acumula sujeira em sua superfície como outros materiais.

Costumam ser vendidas prontas para a instalação e estão disponíveis em vários formatos, tamanhos e com ou sem acessórios. Por exemplo, se sua futura piscina for frequentada por crianças, vale a pena pedir que ela tenha um lado mais raso e outro mais fundo.

Já se for frequentada por idosos, vale olhar os modelos com degraus em sua estrutura ou pedir que venha acompanhada de escada para facilitar a entrada e saída.

Entenda as principais diferenças

Outro ponto importante para fazer a escolha certa na hora de instalar uma estrutura dessa é conhecer todos os modelos disponíveis no mercado e entender suas principais diferenças. Atualmente, quem se interessa por ter esse tipo de construção em casa vai encontrar no mercado: as piscinas de fibra, as de vinil e as de concreto. Veja mais:

  • piscina de fibra — Além das caraterísticas físicas já mencionadas, é preciso pontuar que esse tipo depiscina tem preço mais acessível, já que vem pré-moldada de fábrica, e tem instalação simplificada;
  • piscina de vinil — Trata-se de um revestimento de vinil que é aplicado à estrutura de alvenaria construída. O vinil é feito sob medida para a sua piscina e funciona como uma camada protetora na parte construída. Pode ser colorido e até estampar logomarcas. No entanto, é preciso ter cuidado com o excesso de cloro para que não haja desbotamento ou manchas na peça;
  • piscinas de concreto ou alvenaria — Trata-se da boa e velha piscina cavada no chão, cimentada e, em geral, revestida de azulejos. Todas essas fases acarretam um custo maior, mas devolvem em durabilidade e resistência — cerca de 30 anos! O formato pode se adequar à vontade do dono e pode receber ainda como acabamento pedras ou pastilhas;
  • Entre os pontos negativos estão a necessidade do reforço na impermeabilização, com argamassa ou manta asfáltica, a possibilidade de rachaduras e a soltura de pastilhas ou azulejos — o que requer uma manutenção e cuidados redobrados.

A limpeza desse tipo de piscina também costuma ser mais trabalhosa, já que pode ocorrer o acúmulo de sujeira entre os frisos dos azulejos e das pastilhas.

Conheça as vantagens desse tipo de piscina

Agora vamos conhecer as vantagens desse tipo de construção e saber por que ela acaba sendo mais requisitada do que as outras.

Tamanhos e formatos

Como já mencionamos, uma das vantagens de se recorrer a esse tipo de piscina é que ela está disponível no mercado em vários tamanhos e formatos, e o melhor, pronta para a instalação. Isto possibilita que ela seja instalada em vários tipos de terrenos.

Instalação mais barata

Sem ter que escavar para montar a estrutura de ferro, concretar e impermeabilizar, o custo de uma piscina de fibra é bem mais baixo que uma de vinil e ou de alvenaria. Sem contar na rapidez da conclusão da obra. Foque apenas em encontrar um produto de boa qualidade e de marca reconhecida no mercado.

Maior durabilidade

A fibra de vidro é um material bastante dinâmico que não enruga, não rasga e é bastante resistente, além de ser leve. Com essas características, sua durabilidade é maior que 20 anos. Outra vantagem nesse setor é que, como é feita de uma peça única, não sofre nenhum tipo de vazamento.

Instalação rápida

Em geral, uma semana é suficiente para concluir todo o processo de instalação e com a piscina pronta para o uso. E, como esse modelo tem a superfície lisa, são adequados a todo tipo de terreno.

Dá para levar com você

Parece brincadeira, mas a piscina de fibra é tão dinâmica que permite mudanças no terreno. Isso mesmo! Teve algum problema e precisa mudá-la de lugar? Cave o novo lugar e faça a mudança com o devido material de apoio. Sem problemas, estresse ou perder as características do material.

Sem frescura!

Se você acha que só porque vai ter uma piscina de fibra precisará encomendar acessórios especiais para acompanhar sua mais nova amiga, pode esquecer! Você vai usar tudo convencional e disponível em grande escala no mercado: holofotes, iluminação, jatos de hidromassagem ou cachoeira! Sem frescura ou dor de cabeça.

Economia e limpeza

Além do menor custo na hora de instalar, esse tipo de piscina também costuma ser econômica na hora da limpeza. Como sua estrutura é lisa e ela tende a ter menos acúmulo de sujeira, fungos ou bactérias instaladas em suas paredes, elas utilizam menos produtos químicos na hora da faxina. É ou não é uma boa notícia?

Ah, isso implica em dizer que o esfrega, esfrega também é menor. Muito menos trabalho e tempo de faxina.

Saiba as possibilidades de uso

Mais barata, de melhor instalação e limpeza. Até aqui só vimos vantagens quando o assunto é piscina de fibra. Agora, vamos apresentar mais uma: as possibilidades de uso. A versatilidade do material, se adapta também a formatos, espaços e bolsos. Confira!

Pouco espaço? Piscina de canto!

Você está querendo muito ter uma piscina, só falta uma coisa: espaço! Não falta mais! Isso pois as piscinas de fibra são dinâmicas e aparecem em vários formatos, inclusive triangular. ideal para aquele cantinho no quintal, no terraço ou da varanda do apartamento.

Achou que exageramos? Que nada! Combine com um bom revestimento ou com deck para “caber” a piscina, e tenha mais momentos de lazer na sua vida agora mesmo! Se combinar com uma cascata ou com luzes e plantas, vai fazer o maior sucesso e ninguém mais vai querer sair da sua casa.

Acha fibra sem graça? Que tal a fibra pastilhada?

Se você estava tentado a comprar uma piscina de fibra até aqui, mas tinha restrições quanto a variedade de modelos, saiba que seus problemas terminaram! Além do clássico azul, tem também a versão de fibra branca e a pastilhada, que já vem montada na estrutura de fibra.

Basta você escolher o modelo de pastilha (inclusive colorida), contatar o fornecedor e solicitar a aplicação da mesma. É um processo rápido e que deixa sua piscina muito mais bonita e moderna.

Piscina redonda

Outra possibilidade é de fugir do formato clássico quadrado ou retangular, e investir em uma piscina redonda. O formato valoriza a decoração do espaço, muda a configuração clássica de quem tem esse tipo de acessório de lazer e se encaixa em vários tipos de espaços: pequenos e enormes!

Piscina infantil

A versatilidade da fibra abrange também modelos de piscinas infantis. Ou seja, aquelas que, além de pequenas, precisam ser mais rasas, e às vezes vêm acompanhadas de algum acessório para os pequenos.

Pois saiba que é possível achar piscina de fibra com essas características para pronta entrega no mercado. Outra possibilidade é que, com o tamanho menor, não precisa nem de instalação no solo, podendo ser utilizada apenas com uma estrutura para fixá-la.

Piscina grande

Para quem tem espaço ou quer um modelo quase profissional olímpico, saiba que esse formato e modelo está disponível no mercado na versão fibra. Basta preparar o terreno de sua instalação com nivelamento adequado e mandar assentar seu sonho de consumo à la Michael Phelps.

Veja como instalar

A realização de uma piscina de concreto é mais fácil imaginar, mas e uma de fibra, como se instala? Vamos explicar esse ponto também e sanar as dúvidas nesse critério para que você possa avaliar as vantagens ou não versão de fibra também nesse quesito.

 

O primeiro passo na instalação é escolher o modelo de acordo com seu estilo e as características do espaço que você tem disponível.

Depois de comprar a piscina e receber as dimensões exatas dela, você deverá mandar escavar o terreno com essas medidas para que ela seja encaixada nesse buraco. A escavação deve ser feita com muita atenção ao nivelamento para que ela fique acomodada e não ocorram futuras rachaduras com o tempo. Essa etapa poderá ser pulada caso ela fique na superfície e cercada por um deck de madeira.

Ao contrário das piscinas de vinil, depois da escavação não é necessário o uso de malhas de ferro, vigas e argamassa. Faz-se apenas um “colchão” de areia e base cimentada fina no fundo do buraco.

Em seguida, a peça é levada para o local de escavação e instalada com um guindaste. Apesar do uso desse tipo de carro, esse método de instalação é o mais rápido e o mais limpo em relação ao que se faz com os outros tipos. É importante ver o espaço disponível para que o guindaste possa fazer o manejo da piscina.

Após a colocação da piscina, faz-se a instalação das tubulações hidráulicas e da bomba de água, que manterão o fluxo de água dentro da piscina. Preencha ainda os entornos com uma mistura de areia, cimento e terra.

Toda parte escavada e o casco deve ser preenchida. Deve-se fazer aos poucos e de forma simultânea: o preenchimento com a mistura e enchimento da piscina para o peso da água ajude no assentamento da estrutura no solo.

Aprenda a fazer a manutenção

Se você chegou até aqui e está quase convencido a adquirir sua piscina de fibra, vamos dar mais um motivo para você concretizar essa compra: a manutenção. Sim, também nessa categoria a versão fibra leva vantagem, já que é mais fácil e econômica.

Como sua superfície é lisa e sem ranhuras, não precisa de limpeza constante — já que não acumula microrganismos nessas reentrâncias —, o que acarreta também economia de produtos químicos. Eles, por sua vez, nunca devem ser usados diretamente na estrutura sob hipótese de afetar a fibra.

Dissolva-os antes do uso, principalmente o cloro. Uma dica importante aqui é a de fazer uso do cloro orgânico., pois ele tem cadeias carbônicas resistentes aos raios solares e vão liberando a cloração ativa gradativamente, o que impede o aparecimento de manchas. Além disso, existem produtos próprios para a manutenção das piscinas de fibra para evitar qualquer tipo de erosão.

 

Faça uma manutenção preventiva nas bordas de quatro em quatro meses para evitar o branqueamento da superfície. Isso acontece por causa da ação do sol, mas uma demão de cera de polir e um polimento caprichado deixarão sua piscina novinha por mais tempo.

Como vimos, são muitos os aspectos a serem avaliados quando o assunto é ter uma piscina de fibra em casa. É importante saber se elas duram tanto (ou mais) quanto as outras que estão no mercado, o preço, as vantagens na manutenção e limpeza e nos modelos encontrados por aí.

Analisados todos os prós e contras, é hora de bater o martelo e ser o feliz proprietário de uma piscina novinha e convidativa de um banho. E ainda com a certeza de que o divertimento da família vai durar por muito e muito tempo.

E se você gostou de nossas dicas para piscina de fibra, que tal entrar em contato com a Tibum Piscinas e saber mais sobre modelos, core s e opções de pagamento?

Gostou do texto?
Receba tudo no seu email! Prometemos não enviar spam!

Confira também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *