Por que limpar a sua piscina corretamente é um ato sustentável?

Dias de sol e calor pedem por um bom mergulho na piscina, não é mesmo? E se você ainda não o fez, com certeza está na hora de tratar a água e prepará-la para o banho. Agora, você sabia que limpar a piscina corretamente e de forma periódica pode trazer não apenas dias de diversão, mas também benefícios para a saúde e economia para o bolso?

Quer saber como? Então continue a leitura e descubra como limpar sua piscina pode se tornar um ato sustentável.

Piscinas sempre limpas evitam o desperdício de água

A manutenção da piscina, além de deixá-la sempre limpa e pronta para o uso, ajuda também no aspecto sustentável, proporcionando tanto economia nos gastos quanto no uso da água. Se pararmos para pensar que, em uma residência com pelo menos 4 pessoas, o gasto médio de água é de 22 metros cúbicos por mês (segundo o PROCON/SP), imagine o quanto se desperdiça a mais pela falta de cuidado com a piscina!

Para evitar o gasto de água desnecessário, utilize sempre uma capa térmica sobre sua piscina. Assim, quando não estiver em uso, a taxa de evaporação da água diminuirá consideravelmente, evitando a necessidade de completar com água nova. Dê atenção também ao filtro e a todo o conjunto de filtragem, de modo a evitar a eliminação de muita água e resíduos durante a limpeza.

Limpar a piscina corretamente é bom para a saúde

Manter a piscina sempre limpa também é uma questão de saúde. Você sabia que, quando a água não é tratada com regularidade, cria-se um ambiente favorável para o crescimento de algas? E junto com essas algas surgem bactérias que podem ocasionar diversos tipos de doenças, como diarreia e dermatite, além de também propiciar a proliferação de mosquitos transmissores da Dengue e Zika, entre outras.

Por isso, mesmo que a piscina não esteja em uso, busque sempre controlar o pH da água, e não deixe nunca de aplicar cloro. Mantenha também um estojo de testes por perto, para verificar se os reagentes estão nos níveis recomendados. Assim, você mantém a saúde da sua família, da vizinhança e de todas as pessoas que utilizarem a piscina.

Limpezas rotineiras são fáceis de fazer

É importante manter a água sempre tratada. De modo geral, a maneira mais fácil de manter sua piscina tratada é através das pastilhas de cloro. Uma vez na água, as pastilhas passam a se dissolver de modo gradual, e duram cerca de dois dias. Entretanto, é importante lembrar sempre de retirá-las da água durante o uso da piscina.

Caso prefira, você também pode optar por outras maneiras de limpar a água sem o uso de cloro, como o tratamento por ozônio. Por meio de um aparelho que transforma oxigênio em ozônio, você elimina cloraminas e outros produtos que surgem na água devido a sua reação com o cloro, devolvendo-a ao seu estado de pureza original. Assim, é possível manter a saúde dos banhistas e ainda preservar a natureza com a redução dos resíduos provenientes do tratamento da piscina.

Piscinas sempre limpas são mais baratas

Mais um bom motivo para manter a água da sua piscina sempre tratada: como a água estará normalmente no nível de qualidade desejado, você evita o gasto com tratamentos de choque — muito utilizados quando a sujeira alcança um estado crítico. Se colocar na ponta do lápis, você verá que o gasto mensal para uma limpeza rotineira é menor do que aquele dispensado para tratamentos emergenciais, com uso de cloro e algicidas mais caros. Portanto, vale muito a pena.

De modo geral, limpar a piscina corretamente ajuda na manutenção, economiza dinheiro e ainda preserva a natureza. O uso menor de substâncias para tratamento, a redução de resíduos químicos e o uso consciente da água, evitando-se desperdícios, propiciam uma diversão mais sustentável para você, sua família e todo o planeta.

Agora que você já sabe da importância de tornar a limpeza da água mais sustentável, que tal descobrir também os benefícios de utilizar energia solar na piscina?

Gostou do texto?
Receba tudo no seu email! Prometemos não enviar spam!

Confira também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *