Piscina no terraço: 3 dicas essenciais para a instalação

Ter uma piscina no terraço é uma boa forma de aproveitar espaço e também um privilégio, pois permite que se desfrute de momentos de lazer com privacidade. Sua instalação, porém, requer alguns cuidados, para que algo tão prazeroso não se torne um problema.

É preciso que a edificação aguente o peso de uma piscina cheia d’água. O local, portanto, deve ser estudado com cuidado e alguns cálculos que esclareceremos neste artigo devem ser realizados. Além disso, pode ser necessário reforçar suas estruturas e, certamente, aplicar um bom impermeabilizante antes da instalação.

Veja, agora, algumas dicas essenciais para instalar uma piscina no terraço e aproveitá-la ao máximo, sem dores de cabeça.

1. Verifique a estrutura

Antes de instalar a piscina, é preciso verificar se a estrutura do prédio suporta a carga de peso que será colocada sobre a laje. Para cálculo, deve-se considerar a pesagem total da piscina instalada (com as paredes, os acabamentos, encanamento e a água) mais os seus usuários, levando-se em conta a quantidade máxima de pessoas que usarão a piscina ao mesmo tempo.

Além disso, é preciso analisar se no local há vigas ou lajes e se essas estruturas precisarão ser reforçadas, o que é bastante provável. O profissional mais indicado para esse trabalho é um engenheiro credenciado pelo Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA).

2. Escolha o revestimento certo

No caso da instalação em coberturas, a impermeabilização do perímetro da piscina é essencial para prevenir vazamentos, mas a escolha adequada dos revestimentos também é muito importante, pois nem todos são indicados.

Nas piscinas de alvenaria, o uso de pastilhas muito pequenas não é recomendado, pois elas podem se deslocar facilmente com a ação do calor. Entretanto, as melhores opções entre todas são a piscina de fibra de vidro ou de vinil, pois ambos os materiais são mais leves e de fácil instalação.

3. Defina o melhor modelo e acabamento

O modelo da piscina vai depender do espaço disponível e do desenho arquitetônico do local. Em geral, as piscinas para terraço são pequenas, redondas, quase como ofurôs, ou quadradas.

Ao redor, é necessário colocar um piso antiderrapante e que não concentre calor, já que a área é aberta e recebe uma grande incidência de sol. Um deck de madeira impermeabilizada é a opção mais comum, mas nada impede que você use pedras, desde que sejam frias e não polidas.

Não se esqueça de investir em uma boa iluminação e no paisagismo para deixar o espaço ainda mais bonito e agradável. Prefira luzes de LED, que são mais seguras e podem ser instaladas até mesmo no interior da piscina.

Como você viu, instalar uma piscina no terraço requer tempo, análise e cuidados especiais que somente profissionais do ramo podem ter. O projeto pode ser incorporado desde a planta até em um prédio já construído, desde que bem planejado.

A Tibum Piscinas tem conhecimento, equipe e equipamentos de qualidade para uma estruturação sem riscos. Também fornece piscinas em fibra com camada extra de laminado, proporcionando mais durabilidade.

Para uma instalação de piscinas perfeita, entre em contato conosco e descubra como podemos ajudá-lo!

Gostou do texto?
Receba tudo no seu email! Prometemos não enviar spam!

Confira também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *