filtro areia

Filtro de areia para piscina: a importância e o custo de manutenção

Bastante populares, as piscinas são o grande destaque de muitas residências brasileiras. Não é a toa, que elas são também o sonho de consumo de muita gente que não perde a oportunidade de dar um mergulho refrescante sempre que convidada.

Entretanto, nem só de diversão pode viver sua piscina. É necessário dedicar muita atenção à manutenção da água para evitar diversos tipos de problemas. Nesse quesito, o filtro de areia para piscina assume um papel essencial. Afinal, é ele o responsável por grande parte do tratamento da água.

Quer saber mais sobre o que faz e quanto custa manter o filtro de areia para piscina? Confira este post!

O que faz o filtro de areia?

Quando o assunto é tratamento da água, o filtro de areia é um dos itens mais requisitados. Isso não é por acaso: estima-se que 80% desse tratamento seja realizado pelo filtro e seu motor bomba.

Para quem não sabe, esses equipamentos são responsáveis por sugar a água da piscina e passá-la pela areia do filtro, onde ficará retida grande parte das impurezas e dos detritos. Com o uso frequente da piscina, é normal que uma grande quantidade de sujeira fique presa nessa areia, tornando essencial a manutenção constante.

O que acontece com a areia do filtro?

A areia do filtro, como toda areia, é composta por sedimentos de rochas muito pequenos e propensos a desgastes. Durante a filtragem, esses sedimentos chocam-se uns contra os outros, causando degradação. Assim, os grãos de areia ficam menores e mais lisos, retendo menos impurezas.

Da mesma forma, em algumas regiões do país, a água tem uma grande concentração de íons de cálcio e magnésio. Esses íons, quando no interior do filtro, ficam presos à areia, formando pequenos blocos chamados silicatos. Maiores que os grãos de areia, os silicatos dificultam a passagem da água e diminuem a eficácia da filtragem.

Quando esses dois fenômenos ocorrem, a qualidade da água cai. Por isso, é recomendável tratá-la frequentemente e trocar a areia do filtro quando necessário.

Como saber se a areia precisa ser trocada?

Por causa dos silicatos, a areia envelhecida torna-se mais dura e grossa, além de mais escura. Assim, é fácil saber que está na hora de trocá-la — abra o seu filtro e verifique.

Recomenda-se a troca entre 3 e 5 anos de uso do filtro — ou mais tarde. Tudo depende da qualidade da água que chega em sua casa e do tratamento dispensado à piscina. Lembre-se de sempre comprar a areia com a mesma granulometria.

Agora, para estender esse tempo de manutenção, busque fazer uma limpeza regular do filtro — ao menos uma vez por semana quando muito utilizado. No inverno, quando a piscina fica parada, e nos demais períodos de pouco uso, pode-se diminuir a frequência para uma vez ao mês.

Para evitar o surgimento dos silicatos, é recomendável também um tratamento de descalcificação uma vez por ano, principalmente se a água da sua região for muito calcária.

Quanto custa a manutenção do filtro de areia?

Como a troca de areia deve ser feita em intervalos grandes, a manutenção do filtro sai bem barata. Um pacote de areia custa, em média, entre R$ 20 e R$ 30, variando de 15kg a 25kg. Porém, o tratamento não se limita à troca de areia. É preciso pensar também na qualidade da água que chega ao filtro.

Para isso, de modo geral, é preciso utilizar cloro (média de R$ 150 em 10kg), algicida (média de R$ 15 por litro), clarificante (média de R$ 12 por litro), barrilha (média de R$ 15 por 2kg) e eliminador de oleosidade (média de R$ 30 por litro). Assim, o valor total do tratamento depende das proporções e do material da piscina.

Com essas informações, fica fácil entender a importância da manutenção do filtro de areia para piscina, não é mesmo? Agora que você já sabe, que tal entender mais sobre a relação entre a potência da bomba da piscina o seu volume?

Gostou do texto?
Receba tudo no seu email! Prometemos não enviar spam!

Confira também

2 comentários em “Filtro de areia para piscina: a importância e o custo de manutenção”

  1. Guilherme Villela disse:

    ÓTIMA MATÉRIA , a Marol Piscinas fica feliz que ver a internet com informações tão ricas disponíveis para o consumidor final..

    http://www.marol.com.br

  2. joão pedro disse:

    Quanta informação de qualidade nesse site. Obrigado por compartilhar. Sucesso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *