112068-descomplicando-tudo-o-que-voce-precisa-saber-sobre-alcalinidade-da-sua-piscina

Descomplicando: tudo o que você precisa saber sobre alcalinidade da sua piscina

A sua piscina parece esverdeada e, por mais que você aplique cloro, o problema persiste? A causa disso pode ser a alcalinidade da água.

Pois é, a manutenção vai além da aplicação da substância e limpeza regular. Mas não se preocupe, porque temos o guia definitivo que esse problema não aconteça mais! Acompanhe o texto a seguir e tire todas as suas dúvidas!

Entenda o que é o potencial de Hidrogênio (pH)

No caso da piscina, ele determina o nível de acidez da água e vai numa escala de zero (muito ácido) a 14 (muito básico), sendo o pH neutro em torno de 7.

Achou complicado? Sem problemas.

Em lojas especializadas existe um kit próprio para medição. O mais importante é entender que, em diferentes níveis, (águas muito ácidas ou muito básicas) o cloro aplicado se dissolve demais, se transformando em subprodutos sem função desinfetante.

Saiba sobre a alcalinidade da piscina

Entendendo o pH fica mais simples compreender de que forma a alcalinidade influencia na qualidade da água da piscina.

Esse, talvez, seja um dos parâmetros mais importantes na hora da manutenção. Isso porque a alcalinidade ideal estabiliza a variação do pH e resulta em menos ajustes ao longo do tempo.

Também representa economia em produtos e praticidade, pois não é preciso ficar adicionando produtos à água constantemente para corrigi-la.

Parece uma aula de química, não é mesmo? E é quase.

Em um sistema aquoso, como uma piscina, a alcalinidade é a capacidade de neutralizar ácidos. Em níveis ideais, ela auxilia e muito a manutenção do pH, pois não deixa a água ficar ácida.

A importância de regular a alcalinidade da piscina ocorre porque os produtos de limpeza dessa área têm o desempenho relacionado ao controle do pH, que por sua vez depende da alcalinidade para se manter estável.

É um esquema que começa com o controle da alcalinidade, para que todos os processos seguintes aconteçam de forma correta.

Descubra o que acontece quando há desequilíbrio

Aquela coloração esverdeada nas piscinas é, na verdade, a atividade de algas que crescem na água. Em alguns casos, mesmo regulando o pH e o cloro, o problema persiste.

Se você está atento às nossas dicas, sabe que o primeiro passo é checar a alcalinidade. Isso porque níveis abaixo do ideal favorecem o surgimento desses microrganismos.

Aprenda a resolver esse problema

Existem no mercado kits próprios para medir e regular a alcalinidade da piscina.

Além disso, você vai precisar de um produto chamado elevador de alcalinidade. O kit irá auxiliá-lo a saber a quantidade adequada do produto a ser utilizado.

Se no início você não estiver seguro para realizar os processos, peça ajuda a profissionais especializados. Eles saberão identificar e indicar os produtos necessários para cada caso.

E para que a sua piscina esteja sempre pronta para uso, é necessário também cuidar da limpeza dos azulejos e manter os filtros limpos.

Lembrando que suor e produtos com óleo, como bronzeadores, também sujam a água. Uma dica é sempre fazer o tratamento à noite, para que, pela manhã, você faça a limpeza.

Agora que você já está por dentro de como manter a sua piscina sempre limpinha, confira os acessórios que você vai precisar para mantê-la sempre pronta para um mergulho.

 

banner_finalpost
Gostou do texto?
Receba tudo no seu email! Prometemos não enviar spam!

Confira também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *