Como fazer o polimento de piscinas de fibra de vidro?

Você se tornou o feliz proprietário de uma piscina de fibra de vidro e acha que agora tudo são férias e curtição, não é mesmo? Mais ou menos! É que para ter esse clima sempre presente na família e com os amigos, você precisa seguir umas dicas de manutenção para ter sua piscina sempre bonita e conservada.

Uma delas é o polimento de piscina. Um cuidado rápido e prático e que deixa seu objeto de recreação com aquele tom de azul bonito por muito mais tempo.

Ficou curioso para saber como ele funciona? Então continue lendo e confira já!

Por que a fibra de vidro se desgasta?

Com o passar do tempo, sua piscina de fibra de vidro tende a ficar esbranquiçada pela ação do sol, do cloro e de outros agentes químicos. Também podem surgir manchas amareladas por causa do contato com objetos metálicos. Além do aspecto feio, como se a piscina já estivesse ficando velha, o embranquecimento revela uma abrasão da fibra de vidro.

Seria o fim dos seus dias de sol? Nada disso! Com os cuidados certos, sua piscina voltará a ficar azulzinha e durará muito mais!

Como o polimento de piscina pode salvar sua diversão?

Para evitar esses problemas, você deverá realizar uma manutenção preventiva a cada quatro meses. O ideal é que a piscina seja esvaziada em 40cm, deixando suas bordas bem aparentes. Elas deverão ser limpas com um limpa bordas.

Depois, aplique uma demão de massa de polir, espere secar e aplique ainda uma camada de cera de polir. Espere secar novamente e faça o polimento com o auxílio de uma lixadeira e um disco próprio para polimento. Para uma manutenção mais rápida, aplique apenas a cera de polir uma vez por mês.

Esses procedimentos vão devolver o tom azul da piscina e aquele aspecto de recém-comprada. Achou muito trabalhoso? Não tem problema! Existem empresas especializadas nesse tipo de manutenção e que fazem o trabalho pesado, deixando você só com a parte boa: a de curtir.

Quais outros cuidados você deve ter com a sua piscina?

Boa parte dos problemas de mancha e erosão na piscina de fibra de vidro é causada pelo cloro. No entanto, ele é fundamental para manter a qualidade da água, já que combate germes e microrganismos. Para tornar o cloro um aliado e não um problema, fique de olho ainda nessas dicas:

Faça o manuseio correto

Dissolva o cloro antes de colocá-lo na piscina. Jogar um tablete ou pastilha de cloro inteiro na água vai produzir uma grande mancha onde a pastilha cair.

Use a concentração certa

Meça o pH do cloro. O ideal é que ele esteja próximo de 7,2 e seu nível fique entre 1 e 3ppm. Assim ele terá sua ação de matar possíveis germes garantida e não causará irritação na pele dos banhistas. Esse pH também evita o desgaste maior da fibra de vidro.

Prefira o cloro orgânico

Dê preferência ao uso de cloro orgânico, que possui cadeias carbônicas resistentes aos raios solares e vão liberando a cloração ativa gradativamente.

Como o polimento de piscina e as outras dicas que trouxemos neste artigo, você terá sua área de lazer sempre bonita e atraente para sua família e seus convidados. Além disso, vai prolongar a vida útil da sua piscina de fibra de vidro, o que representa uma grande economia a longo prazo.

Gostou das nossas dicas? Então assine já nossa newsletter e fique sempre por dentro desse tipo de dicas e muito mais conteúdos interessantes!

Gostou do texto?
Receba tudo no seu email! Prometemos não enviar spam!

Confira também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *