Cloro Líquido ou granulado? Descubra as vantagens de cada um, e qual é o melhor para sua piscina.

Cloro líquido ou granulado: saiba como fazer a escolha ideal

Ter uma piscina em casa é uma maravilha, não é mesmo? Apenas quem possui uma sabe o quanto é prazeroso tê-la apenas para você depois de um dia cansativo no trabalho. Entretanto, para que ela continue proporcionando um ambiente adequado para ótimos momentos em família, é fundamental garantir uma manutenção adequada, principalmente com a qualidade da água.

E uma das maneiras mais eficazes de manter esse ambiente saudável é pelo uso dos compostos clorados. Existe uma grande variedade desses produtos, por isso é importante saber qual é o mais indicado para a sua piscina: cloro líquido ou granulado?

Continue a leitura deste artigo para entender o que é necessário considerar antes de escolher por um desses dois tipos de cloro. Aproveite a leitura!

O uso do cloro

Existem diversas formas de manter uma piscina ou um spa livres de bactérias danosas à saúde, mas o cloro continua sendo o produto mais utilizado, devido à sua facilidade de uso e ao baixo custo. Suas propriedades bactericidas proporcionam, de maneira eficaz, uma água limpa e sem doenças, desde que o produto seja corretamente aplicado e na dosagem precisa.

Por isso, sempre é bom saber qual o volume da piscina para dosar de maneira exata a quantidade de produto necessário, pois o excesso de cloro pode provocar dores agudas e outros desconfortos, enquanto uma quantidade inferior à indicada pode reduzir sua eficácia. Assim, é muito importante ter atenção às informações contidas nos rótulos das embalagens para que não ocorra o uso inadequado do produto.

O cloro líquido

Apesar de ser o composto clorado com o menor teor de cloro ativo encontrado no mercado — aproximadamente 15%, sendo que o cloro granulado apresenta em média 65% —, o cloro líquido ainda tem muitos consumidores fiéis devido ao seu baixo custo. Também conhecido como hipoclorito de sódio, essa substância é a mesma da água sanitária.

De fácil solubilidade na água, o hipoclorito de sódio tem ótimas características desinfetantes. Entretanto, por ser comercializado em embalagens de grande volume, seu manuseio é mais difícil. Outro ponto negativo é a sua instabilidade, fazendo com que o produto apresente altos índices de evaporação, diminuindo a sua concentração na piscina, com o passar do tempo, especialmente sob o sol. Por isso, o cloro líquido é o que apresenta menor eficiência no tratamento da água de piscinas.

O cloro granulado

Considerados por muitos o produto que proporciona melhor custo-benefício, o cloro granulado é o composto clorado mais utilizado na limpeza das piscinas brasileiras. Por apresentar alto teor de cloro ativo, tem grande eficiência na eliminação de algas e bactérias da água. Outra vantagem é que existe, em sua composição, um agente estabilizador, o qual amplia a duração do produto quando exposto ao sol, evitando sua evaporação.

O cloro granulado também tem fácil transporte e manuseio, mas um preço superior ao do cloro líquido. Um cuidado importante no seu uso é dissolvê-lo bem antes de ser colocado na piscina, pois pode manchar materiais como a fibra de vidro ou o vinil.

Sabendo as diferenças entre os produtos, a escolha entre cloro líquido ou granulado agora parece ser óbvia, mas ainda é algo que desperta muitas dúvidas entre vários donos de piscinas.

Agora que você já tem como escolher qual dos dois vai usar, confira os nossos preços para esses e outros produtos para a sua piscina!

Gostou do texto?
Receba tudo no seu email! Prometemos não enviar spam!

Confira também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *