Afinal, o que é e como é feito o tratamento de choque para piscina?

Afinal, o que é e como é feito o tratamento de choque para piscina?

Tratamento de choque para piscina: você sabe quando deve usar? Confira a resposta e muito mais neste artigo.

Nos dias quentes, uma piscina com água limpa e cristalina é o desejo de qualquer um. Por isso, mantê-la sempre pronta para o uso é essencial para garantir os momentos de lazer. Dessa forma, para assegurar que a água da sua piscina esteja sempre em boas condições, é necessário associar a cloração de rotina com o tratamento de choque.

No entanto, você já ouviu falar sobre o tratamento de choque para piscina? Basicamente, trata-se de um procedimento indicado nos casos em que há alteração na cor da água e sujeira extrema. Nesse sentido, sua aplicação requer alguns cuidados específicos, para não gerar outros problemas.

Por esse motivo, criamos este artigo para explicar melhor para você o que é esse tratamento, como ele funciona e quando deve ser feito. Quer saber mais sobre o assunto? Então, acompanhe a leitura!

O que é tratamento de choque para piscina?

O tratamento de choque ou supercloração é usado para eliminar contaminantes orgânicos, microrganismos e cloraminas presentes na água, pois, devido ao acúmulo de sujeira, ocorre a proliferação de bactérias, surgimento de algas e, consequentemente, alteração na cor da água, deixando-a com um aspecto nada agradável. Por isso, é feito o tratamento usando uma quantidade muito maior de cloro.

Quando deve ser feito?

O tratamento de choque é usado apenas em casos específicos. Geralmente, é aplicado quando há um alto nível de contaminação e sujeira. Sendo assim, é indicado apenas nos seguintes casos:

  • primeiro tratamento da piscina;
  • contaminação provocada por animais mortos ou fezes;
  • chuvas intensas;
  • água turva com coloração esverdeada;
  • durante os períodos quentes;
  • surgimento de algas;
  • cheiro forte e desagradável;
  • quando provoca ardência nos olhos;
  • após uso intensivo da piscina;
  • ausência de cloro na água.

Como funciona o tratamento de choque?

Agora que você já sabe o que é tratamento de choque e quando usá-lo, confira um passo a posso de como aplicar esse procedimento no tratamento da sua piscina. Acompanhe!

  1. dilua 14 gramas de cloro ― por metro cúbico ― em um balde com água;
  2. após diluir bem o cloro na água, espalhe a mistura sobre a superfície da piscina com o filtro ligado na posição recircular;
  3. aguarde um tempo para o cloro agir. O ideal é esperar um período de 24 horas;
  4. passado o tempo, dissolva o decantador em um pouco de água (leia o rótulo para saber a quantidade certa a ser usada) e espalhe sobre a superfície da piscina com a ajuda do filtro ligado na posição recircular;
  5. aguarde um período de 12 horas para o decantador agir;
  6. após esse tempo de repouso, você pode iniciar o processo de retirada dos resíduos da piscina. Para isso, o fundo da piscina deve ser aspirado com o filtro na função “drenar”, devido ao excesso de sujeira;
  7. e por fim, verifique e ajuste, se necessário, os níveis de alcalinidade da água (80-120 ppm) e o pH (7,0 e 7,4). Lembrando que a piscina só pode ser usada quando o nível do cloro estiver entre 1 e 3 ppm.

Portanto, o tratamento de choque para piscina é um procedimento bastante eficaz para manter a água limpa e cristalina. No entanto, só deve ser utilizado quando for realmente necessário, pois quando feito em excesso pode danificar a sua piscina.

Nesse sentido, contar com a ajuda de uma empresa especializada nesse tipo de serviço é fundamental para saber qual o momento certo para aplicar o tratamento de choque para piscina, entre outras dúvidas.

Gostou do artigo e quer saber mais sobre o assunto? Entre em contato com conosco ou, se preferir, ligue para (31) 3958-6044.

Gostou do texto?
Receba tudo no seu email! Prometemos não enviar spam!

Confira também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *