4 dicas essenciais para economizar na manutenção da piscina

Ter uma piscina em casa é uma das melhores formas de alcançar conforto, lazer e relaxamento sem precisar se deslocar muito. No Brasil, devido à predominância de dias ensolarados durante o ano, é grande a quantidade de pessoas que têm optado por fazer esse investimento em sua residência. No entanto, para muitos, o custo relacionado ao projeto pode ficar um pouco acima do orçamento.

Há também os investimentos relacionados à manutenção da piscina que, embora seja de grande importância para garantir a qualidade e conservação desse ambiente, podem elevar as contas no final do mês. A esse respeito, realizar ações que otimizem os gastos é uma boa alternativa para estabilizar as despesas da manutenção.

Para te ajudar nessa tarefa, preparamos este artigo contendo as 4 principais dicas para economizar na limpeza e tratamento da piscina. Continue a leitura e fique por dentro de tudo!

1. Faça a limpeza física da piscina

A primeira dica é realizar limpezas manuais da água, pois assim é possível reduzir os custos da manutenção. Essa prática pode se tornar complicada para os proprietários que não têm muita experiência com esse tipo de tarefa. No entanto, o trabalho de limpeza física da piscina é relativamente simples e não exige grande esforço para o serviço.

Como exemplo, pode-se retirar folhas, galhos, plástico e outros tipos de sujeiras por meio de uma peneira ou com o auxílio de um aspirador. Com isso, os gastos com a contratação de profissionais de limpeza podem ser evitados.

2. Economize na compra de produtos de limpeza

Outra forma de otimizar os gastos com a manutenção da piscina é por meio da compra dos produtos de limpeza em momentos oportunos, buscando adquirir mercadorias com preços mais baixos, como é o caso de promoções e descontos. Além disso, pode-se citar, por exemplo, o aumento de oportunidades em épocas do ano com temperaturas mais frias.

Isso porque, devido às condições climáticas, as lojas apostam em descontos e oferecem ao consumidor excelentes condições de pagamentos para conseguirem vender mais. Dessa forma, você deve aproveitar esses benefícios econômicos é fazer todas as compras necessárias para a manutenção e economizar durante todo o ano.

3. Realize a manutenção regularmente

Muitos proprietários, visando economizar, prolongam o período de manutenção da piscina. Entretanto, essa prática contribui para elevar os custos da operação de limpeza, pois, com a falta dela, há um acúmulo excessivo de sujeiras, bem como a proliferação de algas e outros microrganismos. Com isso, os gastos com a recuperação da água são aumentados, fazendo com que as despesas fiquem bem acima do normal. Por isso, deve-se realizar a limpeza regularmente.

4. Utilize capa de proteção

Por fim, uma dica importante é utilizar a capa para piscina. Esse acessório possibilita a economia com uso de produtos de limpeza devido à proteção contra o contato de impurezas com a água. Além disso, contribui para minimizar a evaporação do líquido e, consequentemente, evitar o seu consumo. Dessa forma, procure sempre utilizá-la quando o espaço não estiver em uso.

Portanto, essas foram as principais dicas para você economizar na manutenção da piscina. Vale ressaltar que, além desses pontos, é preciso atentar à economia com o consumo de energia da piscina por meio do uso de equipamentos de qualidade e específicos para a sua necessidade.

Gostou do artigo? Então confira também nossas dicas para economizar no consumo de energia da sua piscina!

Gostou do texto?
Receba tudo no seu email! Prometemos não enviar spam!

Confira também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *